+ A influência da tecnologia na vida das pessoas Por admin 26 janeiro 2010 as 9:35

Empresas precisam de respostas rápidas, com assertividade, sem conflito e visando o melhor resultado ao negócio. A relação ganha X ganha deve ser o pensamento constante dos profissionais envolvidos, pois sem isto a equipe de trabalho deixa de existir e os conflitos e desmotivação surgem.

O ser humano é provido de dois lados – o positivo e o negativo – e deve demonstrar e ter presente nas ações cotidianas, o lado positivo.

Partindo desse pressuposto é que observamos como as pessoas estão lidando com os inúmeros equipamentos e ferramentas que aparecem nas empresas e na internet.

Sabemos que feitos com a intenção de colaborar com a gestão e operacionalização, com agilidade e maior grau de acerto, são usados de forma inadequada, em algumas situações. Vemos a ação de pessoas que agem contra o bem estar, a agilidade, em contra os resultados da empresa em que atuam.

Celular, rádio, msn, icq, skype, e-mail, orkut, dentre outros, deveria ter sua função de agilidade, rapidez, redução de custo, interação entre pessoas, pesquisa.

Mas o que estamos vendo no mercado é uma falta de limite de pessoas, que deixam de exercer o seu papel profissional na empresa para conversar com amigos, família quando instalam, com ou sem autorização, às vezes desrespeitando o Regulamento Interno da empresa, de programas de comunicação (msn, skype, icq).

Aproveitar uma ferramenta de comunicação eficiente pode gerar negócios, reduzir custos com ligações, ganhar tempo. Ficar namorando, falando com a família e amigo traz desgaste a equipe de trabalho e indica ausência de profissionalismo e falta de resultado para a empresa.

De outro lado vemos programas do tipo orkut, que pessoas usam como meio de extravasar ou simplesmente brincar, fantasiar e que algumas pessoas estão usando para traçar o perfil da pessoa!

É preciso entender o papel profissional, principalmente quando há necessidade de identificação do perfil para uma seleção ou promoção, ou simplesmente uma avaliação do profissional.

Pessoas e Profissionais tem papel diferenciado. Aspectos negativos todos nós temos, mas é preciso saber administrar na realidade do trabalho. É preciso saber respeitar a individualidade das pessoas, e entender que ser profissional é diferente de ser pessoa.

Ser profissional significa agir em prol da empresa em que trabalha, é ter em mente e na ação que todo e qualquer tempo do horário de trabalho tem que ser usado para geração de negócio, de resultado. Óbvio que momentos de descontração existem, mas momentos, não horas!

Trabalho significa pensar, ação, inovação, responsabilidade por uma atitude, um projeto, uma tarefa. Trabalhar significa pensar em como gerar resultado ao negócio. Desta forma o tempo livre é necessário para criar novas ações, projetos para a empresa.

O profissional tem que agir buscando resultado para empresas, mas este é pessoa, portanto, precisa ter horas de lazer, descontração, que são fora do ambiente de trabalho, até mesmo com outro estilo de vida. Quem decide é a pessoa e não a empresa.

Procure repensar um pouco no seu estilo e forma de agir profissionalmente. Saiba diferenciar o seu papel profissional e pessoal.

Respeite o seu colega de trabalho como gostaria de ser respeitado.

Cuidado para manter o seu espaço preservado assim como o do outro.

Todos os espaços devem ser bem usados adequadamente. Ser pessoa é muito importante para um negócio, pois as pessoas é que geram negócios, as pessoas executam atividades, pessoas é que fazem certo ou errado.

Valorizar pessoas de forma alguma significa deixar o outro agir sem assertividade.

Ser profissional significa agir em busca de um resultado para uma empresa e para você mesmo. O importante é que os dois lados estejam satisfeitos.

Comentários esta trancado.